quarta-feira, 5 de novembro de 2014

"Boca de Ouro" de Nelson Rodrigues

Hoje vim falar de um livro engraçado e divertido que tive o maior prazer ao ler! Se trata de "Boca de Ouro" de Nelson Rodrigues, originalmente uma peça teatral. A Editora Nova Fronteira relançou suas 17 peças, em um livro pocket bem caprichado. Mas vamos a história! Segue a sinopse:

"O bicheiro 'Boca de Ouro' é uma figura temida e megalomaníaca, que tem esse apelido porque, ao melhorar de vida, trocou os dentes perfeitos por uma reluzente dentadura de ouro. Quando 'Boca' é assassinado, seu passado é vasculhado por um repórter de um jornal sensacionalista em busca de histórias escabrosas. A fonte do jornalista é dona Guigui, a volúvel e passional ex-amante do contraventor, uma mulher que, ao sabor de seus humores, revela diferentes versões da mesma história."

E vale destacar também o marido da dona Guigui, o Agenor, que traz ainda mais rebuliço na história. É interessante vermos como dona Guigui reage na hora de tomar suas decisões contando o mesmo causo diversas vezes.

Tudo gira em tom de fofoca, é claro, e nenhum dos relatos parece ser realmente o "verdadeiro". O que nos é apresentado é um show de diversas faces da mesma personalidade. A maneira exagerada dos personagens reagirem e seus diálogos são de uma habilidade incrível! O cotidiano satirizado é bem brasileiro, o que nos faz ter mais carinho pelos acontecimentos.

Há também uma crítica óbvia ao jornalismo sensacionalista, sempre em busca de trazer a história que chama mais atenção, "que vende mais", mas não com a intenção de revelar realmente a verdade. E convenhamos, isso existe aos montes.

É legal percebermos também, que a história gira sobre a criação de um mito e lenda (no caso o personagem Boca de Ouro), e de como, de certa maneira, ele acaba sendo uma reflexão da sociedade, difundida de maneiras diferentes dependendo de quem conta a história.

Um livro que você pode ler tanto como uma leitura despretensiosa, quanto uma leitura mais analítica. Tenho certeza que agradará a todos que lerem! Essa edição da Nova Fronteira também possui no final do livro uma apresentação da peça, que nos situa melhor na obra, além de sugestões de trabalho e um glossário bem didático sobre termos teatrais.

O autor

Nelson Rodrigues nasceu em Recife, em 1912, e morreu no Rio de Janeiro, em 1980. Mudou-se com a família em 1916 para a então capital federal. Trabalhou como jornalista, dramaturgo e escritor. Durante sua carreira, acabou recebendo diversas reações de público e crítica, hoje é tido como o mais influente dramaturgo do Brasil.

0 comentários:

Postar um comentário