terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Livro para ler em um dia - Era uma vez um conto

Continuando o desafio literário, escolhi um livro que possa ler todo em um dia. Claro que a velocidade da leitura depende bastante de um leitor para outro. Eu posso ler um livro de 200 páginas em um dia, e talvez outra pessoa não consiga. Mas queria escolher algo que todos possam ler em um dia, mesmo que seja um dia muito atarefado. Revirando a estante aqui encontrei um livro de contos da minha infância, que ganhei da escola.


É um livro com 5 contos, cada um de autor diferente. Foi lançado pelo selo infantil Companhia das Letrinhas, daquelas coleções de mini-livrinhos Literatura em minha casa, que nem sei se ainda fazem. Devem continuar fazendo, com parceria do governo, e distribuindo gratuitamente nas escolas.

Olhando na web não encontrei muitas informações, mas você consegue ler online aqui.

O livro possui 31 páginas, entretanto a diagramação foi feita com letras um pouco grandes e ainda possui páginas de ilustrações de Sergio Kon. É bem voltado para crianças que estão começando os primeiros anos de escola, mas não deixa de serem contos bacanas.

Não vou ficar falando muito aqui, pois os contos são bem curtinhos e se eu falasse algo estragaria a surpresa da leitura. O Conto que se apresente, de Moacyr Scliar, é um conto introdutório criado especialmente para este livro; A Revolta das Palavras - Uma fábulo moderna, de José Paulo Paes, mostra a indignação das palavras por serem usadas de maneira errada pelas pessoas; Nas Asas do Condor, de Milton Hatoum, conta um pequeno relato de um garoto que durante um ataque de asma voou em um avião; Elefantes, de Marcelo Coelho, meu conto favorito do livro, fala sobre um menino em seu primeiro dia de escola; e Na traseira do caminhão, de Drauzio Varella, que nos conta uma pequena memória de sua infância.

0 comentários:

Postar um comentário