sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

"Harry Potter e a Câmara Secreta" de J.K. Rowling

O segundo livro da saga começa mostrando novamente Harry sofrendo nas mãos de seus tios maldosos, e em uma das cenas mais engraçadas ele é salvo pelos irmãos Weasley em um carro voador! E seguem para A Toca, nome carinhoso para o lar dos Weasley, onde fica até o fim das férias e sabe mais sobre esta diferente família bruxa. O único do grupo que não conhecíamos é o pai do Rony, que é uma pessoa muito simpática e que adora conhecer mais sobre a vida dos trouxas! Principalmente descobrir como certas invenções deles funcionam...

Talvez para não ficar repetitivo a mesma cena do trem indo para Hogwarts em cada livro, J.K. Rowling resolveu inovar e neste mostra os meninos, Harry e Rony, indo no carro voador! A entrada da plataforma 9¾ estava supostamente lacrado quando eles tentaram passar. Não preciso nem dizer que a viagem foi tremendamente arriscada né? O pior que ainda foram bater no Salgueiro Lutador, uma árvore esquentadinha que não perde oportunidade de socar quem estiver por perto!

Ah, também não posso me esquecer do Dobby, o elfo doméstico, que aparecerá neste livro e será um personagem recorrente no resto da saga. E também da Murta Que Geme, uma fantasminha bem engraçada, que será uma das peças-chave para entendermos o passado de Hogwarts. Inclusive, este livro começará a nos revelar alguns segredos dos personagens...

O filme é bem fiel ao livro, deixando somente algumas cenas de fora, como o aniversário de morte do fantasma da casa de Grifinória, que é um momento hilário e bem nonsense. Os acontecimentos em geral deste volume da saga são bem absurdos, e trazem um charme a mais, por isso tantos tenham este como seu livro preferido.

Sobre a autora

Como parte do Desafio do Livro, minha escolha para ler um livro "escrito por uma mulher" será a J.K. Rowling. Gostaria só de comentar que, achei tosco sim esta categoria no desafio, pois segrega que livros escritos por mulheres são uma literatura a parte e que só mulheres leem. J.K. é a prova viva de uma escritora mulher que é uma das mais influentes da atualidade!

Já comentei no post sobre o primeiro livro que sua vida antes de ficar famosa não foi fácil, e acho melhor comentar um pouco mais sobre: se separou do marido quando já tinha uma filha, foi abandonada pelo pai que não concordava com a escolha de sua carreira profissional, entrou em depressão por causa da morte da mãe, estava sem dinheiro e dependia muito da ajuda dos amigos. Ela mesma conta que sua única forma de se manter viva era escrevendo, e sua imaginação foi uma das suas principais armas. Com todos ao redor desacreditando nela, ela foi até o fim com suas ideias, e hoje em dia quem não conhece J.K. Rowling? Foi realmente uma reviravolta!

0 comentários:

Postar um comentário