quarta-feira, 27 de maio de 2015

"Morte Súbita", de J.K. Rowling

MORTE SÚBITA
J.K. Rowling
656 páginas
Editora Nova Fronteira

Morte Súbita (The Casual Vacancy, no original) é o primeiro livro adulto de J.K. Rowling. Para os leitores da saga Harry Potter (eu incluso), havia uma grande expectativa. Já digo inicialmente que a história não me decepcionou, J.K. continua com sua escrita gostosa de se ler e sua capacidade de criar personagens únicos e cativantes.

O livro conta a história da cidadezinha de Pagford, que depois da morte de seu conselheiro, Barry Fairbrother, desenrola uma série de acontecimentos, que pode impactar de uma forma ou de outra seus habitantes. O livro é focado em famílias, conhecemos diversos núcleos de personagens e sua relação entre eles. O desenvolvimento dos personagens vai ocorrendo ao longo da obra e vemos como este cargo vago de conselheiro terá tanta importância nos rumos da cidade.

Gostei muito da primeira metade do livro, que é quando os moradores começam a descobrir a notícia da morte de Barry Fairbrother e a fofoca vai se espalhando, é interessante ver a reação dos moradores sobre o falecimento do conselheiro. A segunda metade em diante acabou ficando arrastada, não gostei muito de algumas ideias que J.K. resolveu adotar pra desenvolver os conflitos da obra, entretanto, o ritmo volta a ficar bom no fim e as últimas 50 páginas compensam toda a história.

Morte Súbita reuniu os pontos fortes da autora J.K. Rowling, criando uma obra bem interessante. A única parte negativa é o tamanho do livro, que poderia ser menor, algumas coisas acabaram desnecessárias. O resultado final é bom, e tenho certeza que muitos pensarão sobre alguns pontos levantados pela autora ao longo da história. Quem já leu o livro acho interessante ver este vídeo com a entrevista de J.K. falando sobre o livro, as legendas estão em português.

0 comentários:

Postar um comentário