domingo, 7 de fevereiro de 2016

"O Guia do Mochileiro das Galáxias", de Douglas Adams

Considero até um pouco difícil falar sobre O Guia do Mochileiro das Galáxias, por mais que eu já tenha lido na adolescência e essa seja uma releitura, ainda acho difícil descrever as ideias fascinantes do autor! Como vocês sabem (ou ao menos quem acompanha meu Instagram e Facebook), o mês de Fevereiro é especial aqui no blog, pois escolho um tema e leio livros apenas sobre isso. E a saga deste ano escolhida foi criada por Douglas Adams, uma das melhores aventuras que já tive o prazer de ler!

O GUIA DO MOCHILEIRO DAS GALÁXIAS
Douglas Adams
Editora Arqueiro
156 páginas

Para o desavisado que nunca leu/nem ouviu nada sobre a história, conhecemos Arthur Dent, um inglês azarado que está tendo sua casa demolida para construírem um desvio. Ele até tenta evitar isso, porém ficamos sabendo que a burocracia é muito maior que os esforços dele. É então que aparece Ford Prefect, um amigo de Arthur, revelando-se um alienígena e contando que o fim dos tempos está próximo. O que ficamos sabendo depois é que nosso querido planeta Terra também será destruído, e detalhe, para construir um desvio. Ou seja, o começo do livro é uma metáfora sobre burocracia.

Inclusive, o livro inteiro é uma grande metáfora, apresentada de forma cômica e com humor o que acontece no cotidiano. Existe também uma parte filosófica, tentando explicar os grandes conflitos do ser humano, e o autor brinca com questões como "Quem somos? Para onde vamos? Qual é a resposta para a Vida, o Universo e Tudo Mais?" Também não podemos esquecer da parte de ficção científica, e como toda história com esse tema, aqui o escritor também cria várias teorias sobre como funcionam algumas das tecnologias do futuro, como por exemplo o Gerador de Improbabilidade Infinita!

Outros personagens importante na história também são Trillian McMillan, uma brilhante astrofísica; Zaphod Beeblebrox, um alienígena semi-primo de Ford e Presidente Galáctico; e o meu preferido, Marvin, o robô maníaco-depressivo! (Ele foi escolhido como Personagem do Mês!)  Todos com personalidades próprias e exageradas, ou exageradas pra nós, pois para os costumes deles são normais! E fazer humor com costumes, com o que consideramos normal ou não, é um dos pontos fortes do livro também.

Nem preciso dizer que adoro a saga, em outros posts falo sobre o autor. Logo logo sai postagem sobre os próximos livros!

PS: O título se refere a um Guia, que se parece muito com uma enciclopédia, que possui várias informações pertinentes sobre a vasta galáxia. O dizer "NÃO ENTRE EM PÂNICO!" combina perfeitamente com as situações que os mochileiros podem enfrentar!

0 comentários:

Postar um comentário