terça-feira, 21 de junho de 2016

TAG Livros & blablabla



Hoje é dia de TAG, que eu vi no canal da Tati, que é minha fonte eterna de pesquisa para esse tipo de coisa (simplesmente acho que ela já respondeu todas). São 10 perguntas, que não possuem ligação ou tema específico, e por isso é interessante responder. A TAG foi criada por um Gabriel, mas ele não parece ter blog ou canal.

1. Você já leu algum livro que mudou sua maneira de ver o mundo?
Sim, vários inclusive. Distopias é algo que vivo citando no blog, mesmo que seja uma visão negativa, afinal vemos o pior lado do ser humano sendo retratado. Mas de exemplos mais recentes, tem Misto-Quente, que mudou a minha forma de ver como o mundo funciona. Em ambos os casos são visões mais pessimistas do mundo, eu acho que isso diz muito sobre minha personalidade. É o momento de procurar coisas otimistas?

2. Você gostaria que seus diários (ou suas memórias - para quem nunca escreveu um diário) fossem transcritos em um livro e publicados?
Não escrevo em diário ou nada do tipo. Talvez um dia, se eu ficar famoso, um livro de memórias seria uma ótima ideia! Quando eu ficar velhinho escrevo um livro e publico, ok?

3. Qual é o seu maior medo no universo literário?
Sinceramente... nenhum! Sempre que vejo a lista de ranking dos livros mais vendidos, percebo que todos os meus medos já foram concretizados. resta aceitar que só vai piorar.

4. Qual livro você leu e gostaria de ler novamente?
Estou na promessa de reler ainda este ano Breakfast at Tifanny's, do Truman Capote; e The Bell Jar, da Sylvia Plath, por causa do desafio que fiz o ano passado. Vamos ver se consigo!

5. Você considera algum livro da sua coleção como um troféu? (Foi difícil de conseguir ou foi uma conquista, um presente de alguém muito querido... etc.)
Pensei bastante sobre essa questão e cheguei à conclusão que não tenho nenhum livro que considere um troféu. Não sou desses que fica procurando a edição rara de um livro ou coisa do tipo. Claro que tenho livros que tenho um carinho mais especial que os outros, como minha primeira edição de O Retrato de Dorian Gray, mas nada demais.

6. De qual festa ou comemoração que aconteceu nos livros que leu gostaria de ter participado?
Vocês vão achar bizarra a minha resposta, mas eu gostaria de participar de alguma festa de As Crônicas de Gelo e Fogo. Principalmente pela comida! Eu fico lendo aquelas descrições e a única coisa que eu queria é estar lá e comer tudo aquilo. Desde que não seja um casamento vermelho, acho que as festividades de Westeros são bem interessantes.

7. Você já sofreu algum tipo de bullying literário por causa de alguma obra que você gosta?
Eu não costumo gostar de porcaria, então acho que não. Analisando agora, acho que não tenho um guilty pleasure literário.

8. Você já participou ou conhece algum grupo de leitura?
Sim! O grupo do qual eu participo se chama (basicamente) Clube do Livro Online, e foi criado pela querida Ana Karina Silva do blog Da Literatura. O grupo é de facebook, todos podem participar, mas notei que sou pouco ativo nas discussões dos livros escolhidos...

9. Se você tivesse que dividir sua alma em 7 livros, quais seriam?
Difícil a pergunta, não sei se li tantos livros importantes até o momento para responder essa questão. Mas avaliando até o momento:
A Revolução dos Bichos - George Orwell
Misto-Quente - Charles Bukowski
O Pequeno Príncipe - Antoine de Saint-Exupéry
Breakfast at Tyffany's - Truman Capote
The Bell Jar - Sylvia Plath

10. Se você tivesse o poder, qual personagem de qual livro mudaria, ressuscitaria ou faria desaparecer?
Ressuscitaria a Tris, que morreu no fim de Convergente. É um dos finais mais odiados por todo mundo, então seria uma boa mudança.

Encerro este post com um incrível spoiler. Pensem também quais livros serviriam para ser o receptor da alma de vocês.

0 comentários:

Postar um comentário