sábado, 10 de dezembro de 2016

Série "Gilmore Girls", 2ª temporada

Tardo mas não falho! Venho comentar a segunda temporada de Gilmore Girls. A trama continua com seu estilo novelinha, mas ainda estou gostando. Na verdade considerei até superior a primeira. Vou comentar de forma resumida o que achei, mas ainda assim vou entregar spoilers. Caso tenha começado a assistir Gilmore Girls agora, por causa dos novos episódios do Netflix, é melhor ir assistir e voltar para ler depois!


Primeiro ponto positivo foi ver a Rory se envolvendo nos estudos. Eu sei, eu sei... na primeira temporada foi o que mais reclamei: as típicas rivais megeras, o professor que se apaixona pela mãe da aluna, o menino riquinho que se intromete na vida da protagonista em uma tentativa de conquistá-la. Mas esqueça tudo isso! A parte escolar foi muito criativa desta vez, agora vemos Rory nas aulas, criando seus trabalhos, tendo motivações no colégio. Nesta mudança a personagem que mais evoluiu foi Paris (interpretada pela Liza Weil), que deixou de ser apenas a rival chata e começou a ganhar relevância na trama. Até mesmo comecei a simpatizar pela personagem, juro! Gosto de ver como a amizade de Rory e Paris está sendo construída, e tenho certeza que a relação das duas começará a ficar forte com o tempo.

Paris marcando presença de forma positiva
A maior novidade, porém, foi a introdução de Jess (interpretado por Milo Ventimiglia), sobrinho de Luke vindo direto de New York, por quem Rory vai se apaixonar. Típico garoto-problema que vai causar em Stars Hollow. Eu sei que saímos do príncipe encantado para cairmos na história do bad boy, mas o personagem tem tanto em comum com Rory que não tem como não gostarmos. O romance entre os dois é construído aos poucos, e ver Rory flertando com Jess enquanto namorava com Dean foram algumas das cenas impagáveis! O que reclamei mesmo anteriormente foi o romancinho de Dean com Rory, agora com Jess na jogada a história ganhou toda uma nova gama de acontecimentos, e isso pode ficar ainda mais interessante no futuro.

Jess, o 'James Dean' da série
Meu episódio favorito, sem dúvida, foi quanto Rory e Lorelai fogem do casamento, logo no começo, para fazerem uma road trip e irem visitar Harvard. É tão bom ver Rory na faculdade (mesmo sendo só uma visita), o que me fez perceber que a grande protagonista da história é ela. Estamos vendo a trajetória da garota para conseguir (ou não) realizar seu grande sonho. De ponto negativo, quero ressaltar as traminhas paralelas dos moradores de Stars Hollow, que em um determinado momento quase me fizeram perder a paciência de continuar assistndo. Tudo termina com um gancho legal para a continuação, e novamente estou curioso para saber o que vai acontecer.

Até a próxima! Espero conseguir manter minha meta de ver uma temporada por ano!

0 comentários:

Postar um comentário